Work
43
page-template,page-template-full_width,page-template-full_width-php,page,page-id-43,bridge-core-2.1,ajax_fade,page_not_loaded,qode-page-loading-effect-enabled,,qode-title-hidden,qode_grid_1400,vss_responsive_adv,vss_width_768,qode-child-theme-ver-1.0.0,qode-theme-ver-19.7,qode-theme-bridge,disabled_footer_top,disabled_footer_bottom,qode_header_in_grid,wpb-js-composer js-comp-ver-6.1,vc_responsive,elementor-default
[con]texto
Exhibition Design, Graphic Design
89 0 0

[con]texto

Exhibition Design, Graphic Design

[CON]TEXTO é uma exposição organizada em redor de Arte e Texto, uma combinação de lettering e imagem em que o sujeito destas obras é, frequentemente, uma intersecção entre literatura, linguística e filosofia, uma configuração que a arte conceptual utiliza para definir a ARTE COMO PROCESSO.
O uso da língua escrita tem sido um dos desenvolvimentos mais marcantes da arte visual do século XX resultando de uma “indefinição” de fronteiras artísticas. Inclui imagens “feitas inteiramente de elementos tipográficos” que é agora aceite pelos historiadores como uma ponte importante entre arte e design. 
Ao adotá-lo como uma ferramenta de auto-expressão, a sua interação com a linguagem escrita e com a imagem, examina-se o uso de palavras ou língua (incluindo a tradução) aplicada a muitos meios e géneros de arte - da pintura ao livro, escultura, instalação, vídeo e até performance. 
Esta exposição questiona o significado da “invasão” de umas disciplinas por outras e como é que um ou mais formas de expressão se combinam entre si e que mensagens são destinadas para o espectador. Além disso, outros temas importantes que também são abordados incluem a nomeação ou titulação das obras, os usos da narrativa em arte, e as conexões literárias e as aspirações dos artistas.
A exposição é baseada no Espólio Artístico da Galeria Luís Serpa Projectos e da Coleção Serpa.

[CON]TEXTO is an exhibition organised around Art and Text, a combination of lettering and image in which the subject of the piece is often an intersection between literature, linguistics and philosophy. This is a configuration that conceptual art uses to define ART AS PROCESS.
The use of the written language, the result of a “blurring” of artistic borders, was one of the most notable developments in the visual arts in the 20th Century. It includes images “made entirely from typographical elements” and is now accepted by historians as being an important bridge between art and design. 
In adopting it as a tool of self-expression, in its interaction with the written language and the image, one examines the use of words or language (including translation), as applied to many artistic mediums and genres - from painting to the book, sculpture, installation, video and even performance. 
This exhibition questions the meaning of the “invasion” of some disciplines by others, how one or more forms of expression may combine and which messages are being transmitted to the viewer. Besides this, other important themes that are also addressed include the naming or titling of the work, the uses of narrative in art and the literary connections and the artists’ aspirations.
The exhibition is based on the artworks owned by the Galeria Luís Serpa Projectos (Luís Serpa Projects Gallery) and by the Coleção Serpa (Serpa Collection).


Luis Serpa

89 0 0